Quando criar kits

Os kits foram a solução encontrada para conseguir dar vazão aos produtos que possuem um ticket médio muito baixo, pois somando o valor de frete acaba ficando inviável para o lojista e não compensando para o cliente final realizar a compra.

Aqui no olist consideramos um produto de baixo ticket médio quando o preço de venda dele é igual ou inferior a R$ 8,00. Portanto, se você tiver produtos que se enquadram nesse critério, o aconselhamos a criar kits, podendo ser composto por:

• um mesmo produto (ex: kit de garfo com 8 unidades iguais)

• produtos análogos, ou seja, de um mesmo contexto (ex: kit de talheres com 1 garfo, 1 faca e 1 colher).

Dificuldades enfrentada pelos kits

Existe um porém na criação de kits: o código de barras.

A política de alguns marketplaces só permite a venda de produtos com EAN e, quando um kit é montado, normalmente ele não vem com código de barras. Contudo, outros marketplaces importantes aceitam cadastro de produtos sem GTIN.

Para resolver parte dessa dificuldade, existem dois caminhos:

1) Comprar novos EANs e usá-los nos kits que têm maior venda, pois assim serão publicados em qualquer marketplaces e poderão ter uma maior saída. Isso é uma escolha que o lojista deve fazer, tanto realizar a compra, quanto escolher qual kit receberá o EAN. Você pode ver como adquirir os código acessando esse artigo.

2) Usar a planilha de GTIN Free disponibilizado pelo olist sem nenhum custo, sabendo que o kit pode perder potencial de exposição por não ser aceito em todos os canais.

Essa segunda alternativa foi criada pelo olist como forma de ultrapassar a barreira imposta por alguns marketplaces e para dar aos nossos lojistas uma maneira de estar nos principais canais de venda com o maior número de produtos possível.

Além disso, esse recurso permite fazer testes com os kits. Conforme for a evolução das vendas, o lojista pode avaliar se vale a pena adquirir um EAN.

Como inserir kits no olist

Para cadastrar seus kits você deverá inserir seus produtos na plataforma do olist através de uma planilha que não utiliza código de barras.

Essa planilha só fica disponível para os lojistas que solicitarem via chamado na plataforma do olist. Caso seja de seu interesse, envie uma mensagem que habilitamos para o seu uso.

Na planilha, você deverá preencher os seguintes campos obrigatórios:

  1. identificador do produto - part number
  2. título
  3. marca do produto
  4. preço
  5. estoque
  6. descrição
  7. comprimento, altura, largura e peso do produto
  8. comprimento, altura, largura e peso do produto embalado

Instruções de preenchimento da planilha

Como mencionado, você deverá preencher os 8 campos obrigatórios.

É fundamental que você siga as seguintes instruções para seu kit ser aprovado com maior agilidade pela nossa moderação e, assim, ser publicado mais rápido nos canais:

  1. A primeira imagem (ou imagem de capa) deve conter a imagem de todos os itens que compõe o kit em fundo branco. (se preferir, você pode enviar a imagem pela plataforma depois de enviar a planilha)
  2. A descrição deve conter as especificações de todos os produtos do kit.
  3. O título deve conter a quantidade de cada item (ex: kit de garfo com 8 unidades iguais; kit de talheres com 1 garfo, 1 faca e 1 colher).
  4. O título não pode iniciar com números e pode ou não começar com a palavra "kit", porém, se não tiver com a palavra "kit" no início, deve iniciar com o nome do produto e quantidade de itens no final.

Atenção!

Uma vez cadastrado, seja com EAN próprio ou GTIN Free, o kit não pode ser alterado, só é possível fazer ajuste em preço e estoque. Então caso você queira mudar os produtos ou a quantidade, por exemplo, você terá que fazer todo o processo de cadastrar um novo kit.

Ficou alguma dúvida?

Se sim, contacte-nos via comunicador interno que ficaremos felizes em ajudar.

Encontrou sua resposta?