O buy box é uma ferramenta que os canais utilizam para destacar o produto no site de vendas, evitando que um usuário se depare inúmeras vezes com o anúncio de um mesmo item.

Funciona assim: os marketplaces fazem a apresentação unificada de produtos. A marca e o preço praticado por todos os lojistas aparecem em uma mesma página, mas apenas um dos concorrentes ganha destaque. 

Essa é a função do buy box, também conhecida como caixa de vendas, em tradução literal. No buy box há mais visibilidade para a melhor oferta disponível naquele momento, com base em diversos critérios, e isso pode ser decisivo para o sucesso das suas vendas.

Segue abaixo um exemplo de buy box:

Como é possível perceber na imagem, o lojista que aparece no buy box tem uma vantagem imensa perante os demais vendedores. Ao comprar determinado produto muitos clientes sequer atentam-se para quem é o fornecedor. Um bom exemplo disso é a Amazon.com — principal marketplace do mundo — na qual mais de 80% das vendas fechadas são feitas dentro do buy box.

A decisão de quem aparece no buy box é tomada pelos marketplaces, e segue critérios específicos. Para garantir uma posição de destaque nesse ranking, há um conjunto de fatores que fazem toda a diferença. 

É importante entender que cada canal define seu buy box de maneira diferente: 

B2W

  • Melhor preço de venda
  • Melhor prazo de entrega
  • Quantidade de estoque
  • Melhor reputação
  • Menor valor no frete
  • Melhor condição de pagamento (parcelas)

O lojista que apresentar melhor desempenho nesses 6 itens, tem seu produto destacado no buy box. Esse processo é dinâmico, e pode ser alterado diariamente de acordo com a evolução dos lojistas nesses itens. Conforme os outros lojistas melhoram seu desempenho, os anúncios são substituídos. 

CNOVA

  • Menor preço de venda
  • Menor custo de frete
  • Menor prazo de entrega

WALMART

  • Melhor preço.

A tendência é que cada vez mais os marketplaces se tornem mais criteriosos com os fatores que interferem no buy box para tornar o processo de compra melhor para o consumidor. Veja mais informações sobre os fatores que incidem no buy box, aqui.

Importante: 

O Mercado Livre é o único canal que não trabalha com o formato de buy box. Por isso, fique ainda mais atento quanto à qualidade do cadastro do seu produto: um bom título, boas fotos e boa descrição, serão fundamentais.

Encontrou sua resposta?